Feeds:
Posts
Comentários

Presente da natureza

G

Anúncios

Hora de brincar

*Essa montagem é de agosto de 2017 ❤ 
A Mili tem vários brinquedos pet, mas vez e outra ela gosta de ‘brincar’ com potes e garrafas de plástico. Tudo sob nossa supervisão, pois quando começa a arrancar os pedacinhos é hora de terminar a brincadeira para evitar riscos de engolir e tal. 

ggg (2)

Fica a dica

408137_180318718789735_1276790065_n

Felicidades x travessuras

*A Mili é muito esperta, e fazia tempo que não aprontava uma. Hoje esqueci a gaveta aberta (guardo etiquetas, fitas, laços) e ela pegou o único rolinho de etiquetas que eu tinha e fez a festa. Está escrito Felicidades nele, e ela até colou alguns. Não consegui ficar braba. 

4

Virada do ano

2018

Feliz Natal e um ótimo Ano Novo

❤ A Mili ganhou um presente da pet shop, adorei! Pois junto com essa bolinha acrílica com a foto da Mili, vem carinho, amizade e dedicação. As gurias da pet são nota dez! ❤

1

2

❤ Época de renovar as energias e a esperança! Que todos tenham um final de ano cheio de paz, proteção, harmonia, saúde e amor! Feliz Natal e um ótimo Ano novo! ❤

029

 

Ceia farta e cuidado redobrado

*O final de ano estressa muito os animais por causa dos foguetórios, mas a diversidade de alimentos também pode ser um problema, fique atento. 

Você sabia que os pets precisam de cuidados especiais no Natal?

Nessa época de festas, aumenta em 30% o número de animais nos hospitais veterinários. Uma das principais causas do problema é a ingestão de
petiscos da ceia e pequenos objetos.

Na hora da troca de presentes, fique atento para que o pet não engula algum objeto. Foto: Getty Images

Na hora da troca de presentes, fique atento para que o pet não engula algum objeto.
Foto: Getty Images

É isso mesmo! Com toda esta correria de final de ano, preparativos para a ceia, compra de presentes, marcação de viagens e por aí vai…. e nossos melhores amigos? Como ficam neste tumultuado emaranhado de compromissos? Pois saiba que nesta época do ano existe um aumento de 30% no número de animais internados em hospitais veterinários justamente porque eles ficam praticamente esquecidos em relação aos principais cuidados e podem sofrer acidentes.
Uma das causas de problemas de saúde é a ingestão de petiscos na ceia de Natal, oferecido por convidados que, muitas vezes, não sabem que os animais precisam ingerir dietas especificas e balanceadas. Quando os bichos ingerem um pedaço de peru e outros petiscos da ceia podem apresentar diarreia e vômito, por exemplo, e desidratar rapidamente. Alguns apenas com a bagunça de tanto entra e sai na casa podem ficar muito estressados e descompensar de doenças existentes. Outros podem aproveitar a excitação da criançada ao receber seus presentes e ingerir uma peça de um brinquedo, por exemplo, o que certamente fará com que os donos passem o restante da noite de Natal na sala de espera de um pronto-socorro animal, enquanto aguardam a retirada do objeto através de uma endoscopia.
 Por isto, o melhor é inserir nossos amigos nos preparativos para a festa, prevenindo os principais acidentes. Separe um local fresco, arejado e longe da bagunça. Coloque uma caminha e objetos que ele esteja acostumado para estar ambientado. E avise os convidados que o seu animal vai estar neste cômodo durante a festa porque acaba se estressando com o barulho e não pode ter acesso a comidas diferentes que fazem mal a sua saúde.
 Muitos alimentos próprios para cães também são oferecidos para venda nesta época do ano, como o panetone canino. Estes são liberados para o consumo dos animais, mas devemos lembrar que não devemos oferecer apenas petiscos para eles se alimentarem. Portanto, se for oferecer algum destes produtos natalinos próprios para animais, lembre-se: ofereça como um petisco, apenas uma pequena porção, e nunca substitua a ração, que deve ser a dieta principal. E não esqueça: inserir o seu pet nos preparativos do Natal pode ser a grande saída para que todos os membros da família, incluindo nossos amigos peludos passem um Natal repleto de alegrias! Feliz Natal!